Blog


Consórcio x financiamento: como comprar seu novo apartamento?

A melhor maneira para comprar seu novo lar!

Publicado em 31 de Julho de 2019 às 04:25 AM

Sabemos que a atual situação financeira do país dificulta o mercado imobiliário. Comprar um imóvel à vista é um sonho distante de muitos brasileiros e, por isso, veem outras maneiras de possuir um imóvel como consórcio ou financiamento.  

No financiamento, o dinheiro utilizado para a compra será o do banco e depois pago com juros por quem pediu o financiamento. Se o imóvel custa até R$1,5 milhão, então seu financiamento se enquadra no Sistema Financeiro de Habilitação (SFH), podendo chegar a 80% do valor do imóvel. Além disso, pode-se utilizar o saldo do FGTS.

  
Já o consórcio, apesar de não ter juros, existe uma taxa de administração para ser paga a instituição que administra esse serviço. A partir de lances, o dinheiro é liberado, mas é preciso pagar uma mensalidade e o bem não é totalmente seu. O investimento é alto, por isso, coloque as vantagens e desvantagens em um papel e veja se realmente vale a pena o consórcio no imóvel.  


O recomendado é o financiamento, pois apesar dos juros, a possibilidade de ser mais barato que o consórcio é alta, além do bem ser seu. No consórcio, é muito incerto. Além do apartamento não ser seu de fato, pois os lances podem mudar, a taxa de administração pode ficar até 20% o valor do imóvel, podendo oscilar com frequência.  

Voltar